ERVILHA PARTIDA - PACOTE

  • R$1,50
  • Modelo: GRÃOS
  • Disponibilidade: Em estoque

A ervilha é da família dos feijões, lentilha, grão-de-bico e soja. Também é rica em carboidratos, proteínas e fibras, que são ótimos para dar energia, manter a massa muscular e ainda colaborar para o funcionamento do intestino.Dentre os nutrientes, destacam-se as vitaminas A, do complexo B e C, além dos minerais como potássio, cálcio, fósforo, ferro, cobre e enxofre. Isso tudo faz com que o alimen..

Opções disponíveis

A ervilha é da família dos feijões, lentilha, grão-de-bico e soja. Também é rica em carboidratos, proteínas e fibras, que são ótimos para dar energia, manter a massa muscular e ainda colaborar para o funcionamento do intestino.

Dentre os nutrientes, destacam-se as vitaminas A, do complexo B e C, além dos minerais como potássio, cálcio, fósforo, ferro, cobre e enxofre.

Isso tudo faz com que o alimento seja ótimo para o funcionamento do sistema nervoso, para a imunidade, a saúde dos olhos e da pele.

Diante disso, o vegetal pode funcionar como estratégia importantíssima na busca de todos os nutrientes necessários para o corpo, especialmente para a alimentação vegana. A combinação de leguminosas com cereais, por exemplo ervilha com arroz, proporciona ao organismo todos os aminoácidos necessários, equivalente à qualidade das proteínas de origem animal, com vantagens relacionadas ao baixo teor de gordura, pouco sódio e elevada quantidade de fibras.

Hoje em dia, o legume tem sido muito utilizado para a produção de proteínas veganas em pó, o famoso whey protein, usualmente extraído do leite de vaca. 

A proteína de ervilha isolada em suplementos alimentares tem excelente digestibilidade, portanto evita desconfortos gastrointestinais e seus nutrientes são bem absorvidos pelo organismo. Ela compara o macronutriente do legume com o da quinoa, que é um pseudocereal e tem menor teor de proteínas do que a ervilha.

Informações técnicas
Informação Nutricional VALOR NUTRICIONAL: Porção de 100g Porção %VD* Valor energético 88.1kcal=370 4% Carboidratos 14,2g 5% Proteínas 7,5g 10% Gorduras monoinsaturadas 0,1g - Gorduras poliinsaturadas 0,3g - Fibra alimentar 9,7g 39% Fibras solúveis 0,1g - Cálcio 24,4mg 2% Vitamina C 12,4mg 28% Piridoxina B6 0,1mg 8% Manganês 0,4mg 17% Magnésio 41,8mg 16% Lipídios 0,5g - Fósforo 152,0mg 22% Ferro 1,4mg 10% Potássio 311,0mg - Cobre 0,2ug 0% Zinco 1,2mg 17% Niacina 1,2mg 7% Tiamina B1 0,3mg 21% Riboflavina B2 0,1mg 8% * % Valores diários com base em uma dieta de 2.000 Kcal ou 8.400kj. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades.
Benefícios

* Controle de peso: A ervilha contribui com efeito antioxidante, mas ela também não oferece grandes riscos para a sua dieta, já que a porção de 1 xícara possui em média 100 calorias, e baixo índice glicêmico. A hortaliça também não oferece riscos às suas medidas, pois ela contém baixo teor de gorduras, e nutrientes como ômega-03, betacaroteno, minerais, e até mesmo vitaminas de complexo B, C e E.

* Prevenção de doenças cardíacas: O desequilíbrio de pressão arterial e funcionamento geral do coração pode ser prevenido com o auxilio e ingestão regular de ervilhas. Elas podem agir com efeito anti-inflamatório e antioxidante, os quais auxiliam na eliminação de células mortas e favorecem o fluxo sanguíneo. Alguns elementos como o Zinco e vitaminas de complexo B, homocisteína e ácido fólico podem prevenir estresse oxidativo e inflamações, preservando a saúde das paredes dos vasos sanguíneos, e reduzindo a possibilidade de ocorrência de doenças cardíacas. A luteína pode exercer função significativa, já que a porção de 3,6, encontrada nas ervilhas, pode favorecer com a saúde do seu coração. O controle sobre os níveis de colesterol é importantíssimo para a prevenção de doenças cardíacas, e a niacina contida nas ervilhas ainda pode auxiliar nesse controle, reduzindo o teor de triglicerídeos, induzindo à redução do LDL, e aumento de HDL.

* Visão saudável: A Luteína também é um dos principais ingredientes que favorecem a saúde dos olhos, demonstrando mais um dos benefícios da ervilha. A luz que incide sobre o olho pode ser filtrada, evitando consequências à região macular da retina. Indica-se o consumo médio diário de 10 mg de Luteína, já que o corpo não possui a habilidade de produzi-la naturalmente. A contribuição da ervilha pode evitar até a perda da visão, se seu consumo for conciliado com diversos hábitos saudáveis e convenientes para a saúde dos olhos.

* Sistema imunológico forte: Manter o corpo fortalecido é importante não só para a saúde, mas para a continuidade do bom rendimento nas atividades físicas, já que seu nível energético será utilizado de forma funcional durante todo o treino. Tanto Cozidas quanto cruas, as ervilhas podem fornecer porções interessantes de vitamina C, uma das grandes responsáveis pela saúde do sistema imunológico, além de apoiar a absorção de Ferro. A vitamina K também pode agir de forma positiva para o fortalecimento do corpo.

* Sistema nervoso favorecido: Os minerais podem justificar diversos dos benefícios da ervilha, e o sistema nervoso também pode ser favorecido. Dentre os principais contribuintes, podemos destacar 62 mg de Magnésio que pode ser encontrado em uma xícara de ervilhas, Fósforo, Ferro, Zinco, e muito mais.

* Mais músculos: As ervilhas podem ser reconhecidas como fornecedoras de proteínas, nutriente muito conveniente para aqueles que buscam construção muscular. As proteínas contidas nas ervilhas se mostram superiores às proteínas encontradas em suplementos industrializados.

* Ossos fortes: Dentre as diversas contribuições, as ervilhas ainda podem fornecer Cálcio, mineral importante para a saúde e fortalecimento de ossos, dentes e unhas. A hortaliça ainda é rica em vitamina K, a qual auxilia na indução do Cálcio aos ossos. A estrutura ainda pode ser fortalecida com efeito preventivo contra osteoporose, que é justificado pela presença das vitaminas de complexo B.

* Proteção contra o câncer: Os fitonutrientes contidos na ervilha são os principais responsáveis por esse benefício. Elas contêm quantidades significativas de polifenóis, os quais auxiliam na proteção do corpo. Recomenda-se a porção diária de 2 mg, enquanto uma porção de ervilhas pode oferecer 10 mg, valor muito superior ao recomendado para a obtenção de resultados positivos.

* Anti-envelhecimento: Com o avanço da idade, o uso de cremes rejuvenescedores e que retardam os efeitos temporais é cada vez mais comum. A adoção de cuidados estéticos pode ser substituída pelos benefícios da ervilha, já que eles são convenientes para agir contra inflamações e melhorar a coagulação do sangue. Outros contribuintes contidos na ervilha, que agem contra o envelhecimento são as vitaminas C e E, ômega-3, Zinco, ácidos fenólicos, alfa e betacaroteno, flavonoides, polifenóis e muito mais.

* Prevenção contra Alzheimer: É importante ressaltarmos que os benefícios da ervilha não são os principais agentes para prevenção de doenças, mas se ela for incorporada a uma alimentação e estilo de vida saudável, pode impulsionar a um melhor estado de saúde. As ervilhas contêm vitamina K, as quais são indicadas para evitar diversas doenças, como artrite, e principalmente, o Alzheimer, que tem se tornado mais comum, se comparado há anos atrás. A inserção das ervilha nas refeições pode contribuir contra o agravamento de lesões neuronais, agindo a favor de maiores consequências sobre a perda de memória.

* Prevenção e auxilio do tratamento da diabetes tipo 2: Sabendo que a alimentação de quem tem diabetes é um tanto quanto restrita, descobrir um alimento conveniente para o seu cardápio é até motivador. Os benefícios da ervilha podem ser argumentos favoráveis, já que possui índice glicêmico baixo, além de ser um excelente fornecedor de proteínas e fibras. Os efeitos sobre a resistência de insulina são resultantes da ação dos componentes anti-inflamatórios e antioxidantes.

* Ajuda o funcionamento do intestino: Muitas pessoas que estão em dieta lidam com desconfortos estomacais, os quais são consequência do funcionamento intestinal irregular. Esse problema retarda o processo digestório e eliminação de toxinas, por isso, é válido ter conhecimento de que os benefícios da ervilha podem agir preventivamente contra essas consequências, graças à porção de fibras oferecidas.

Sugestão de uso

BIFE A ROLÊ COM CREME E ERVILHA

Ingredientes:

1 kg de coxão mole em bifes ou outra de sua preferência

1/2 xícara de vinho tinto seco Óleo

Pimenta, alho, orégano a gosto

2 caldos de carne

Fatias de bacon o suficiente

1 cenoura média em fatias

1 cebola em fatias

Água o suficiente

Molho:

1 caixinha de molho pronto

1 xícara de ervilha congelada ou de lata

Salsinha a gosto

Modo de Preparo:

1 - Tempere os bifes com o vinho, pimenta, alho e o orégano.

2 - Recheie cada bife com 1 fatia de bacon, cenoura e cebola.

3 - Enrole e feche com a ajuda de palitos.

4 - Em seguida aqueça o óleo e doure muito bem os bifes.

5 - Coloque água aos poucos, os caldos de carne e deixe cozinhar em fogo baixo até ficar macio.

6 - Junte o molho deixe apurar um pouco.

7 - Junte a ervilha a salsinha e desligue.

8 - Retire os palitos e sirva com purê.

Restrição Alimentar
Alérgicos, pode conter traços de oleaginosas, soja, amendoim, glúten, leite, albumina, aipo, tremoço e látex conforme RDC 26/2015.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom