CHÁ DE GUACO - PACOTE

  • R$6,90
  • Modelo: PACOTE
  • Disponibilidade: Em estoque

O Guaco é uma planta medicinal, também conhecida por ervas de serpentes, cipó-catinga ou erva de cobra, muito utilizada em problemas respiratórios devido ao seu efeito broncodilatador e expectorante.O seu nome científico é Mikania glomerata Spreng.O guaco serve para tratar a gripe, tosse, rouquidão, infecção na garganta, bronquite, alergias e infecções na pele. Além disso, esta planta é usada..

Opções disponíveis

O Guaco é uma planta medicinal, também conhecida por ervas de serpentes, cipó-catinga ou erva de cobra, muito utilizada em problemas respiratórios devido ao seu efeito broncodilatador e expectorante.

O seu nome científico é Mikania glomerata Spreng.

O guaco serve para tratar a gripe, tosse, rouquidão, infecção na garganta, bronquite, alergias e infecções na pele. Além disso, esta planta é usada popularmente para tratar o reumatismo.

Quais as propriedades

Apesar de serem atribuídas ao guaco várias indicações terapêuticas populares, somente a ação broncodilatadora, antitussígena, expectorante e edematogênica sobre as vias respiratórias foram comprovadas. Outros estudos mostram potencial atividade anti-alérgica, antimicrobiana, analgésica, anti-inflamatória, antioxidante e antidiarreica

Como usar

Para fins terapêuticos são usadas as folhas da planta. 

1. Chá de guaco

Ingredientes

  • 10 g de folhas de guaco;
  • 500 mL de água.

Modo de preparo

Colocar 10 g de folhas em 500 mL de água fervente por 10 minutos e coar no final. Beber 2 xícaras ao dia.

Os efeitos colaterais do guaco incluem hemorragias, aumento dos batimentos cardíacos, vômitos e diarreia. O guaco contém cumarina que pode apresentar um agravamento nos quadros de falta de ar e tosse em pessoas com alergia a cumarina.

Quem não deve usar

O guaco está contra-indicado para pessoas com alergia a esta planta, com doenças no fígado, que utilizam anticoagulantes, para crianças menores de 1 ano de idade e grávidas.

Informações técnicas
Contraindicação

Os efeitos colaterais do guaco incluem hemorragias, aumento dos batimentos cardíacos, vômitos e diarreia. O guaco contém cumarina que pode apresentar um agravamento nos quadros de falta de ar e tosse em pessoas com alergia a cumarina.

Quem não deve usar

O guaco está contra-indicado para pessoas com alergia a esta planta, com doenças no fígado, que utilizam anticoagulantes, para crianças menores de 1 ano de idade e grávidas.

Modo de Preparo

Colocar 10 g de folhas em 500 mL de água fervente por 10 minutos e coar no final. Beber 2 xícaras ao dia.

Benefícios

O guaco serve para tratar a gripe, tosse, rouquidão, infecção na garganta, bronquite, alergias e infecções na pele. Além disso, esta planta é usada popularmente para tratar o reumatismo.

Quais as propriedades

Apesar de serem atribuídas ao guaco várias indicações terapêuticas populares, somente a ação broncodilatadora, antitussígena, expectorante e edematogênica sobre as vias respiratórias foram comprovadas. Outros estudos mostram potencial atividade anti-alérgica, antimicrobiana, analgésica, anti-inflamatória, antioxidante e antidiarreica.

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado.
    Ruim           Bom